sábado, agosto 19, 2006

Sem sal


Era de manhã e estava com uma t-shirt amarela. O meu gato, para variar miava desalmadamente até que me convenceu a dar-lhe um pedaço de fiambre. Roubei-lhe uns sete mini croquetes da sua comida da wiskas e deixei-as no carreirinho das formigas. Tenho uma paixão por formigas. Gosto da sua organização, da sua inteligência, da sua estrutura hierarquica e da sua sociedade organizada que luta e se esforça por ter um inverno na sua toca cheia de papinha que chegue até ao verão.
Sentei-me no chão do quintal e observei. Estavam um molho de formigas a devorar os mini-croquetes e a começar a leva-los para o formigueiro, quado reparoi que mais a frente estavm dua formigas homicidas a matar um bicho-da-conta cinzento. Gosto de formigas mas gosto igualmente de bichos-da-conta. Peguei no dito bicho que estava a ser trincado vivo pelas formigas e pu-lo num vaso afastado do carreiro. Porém antes mantei com o dedo indicador as duas formigas malvadas.
Foi assim a minha manhã de observador da fauna do meu quintal onde quem reina não são humanos mas as formigas.

Aparte:
Não sei porque raio escrevi isto no blog. Não percebo. Isto é uma história sem sal. Olha foi também como foi a minha manhã: sem sal.

6 comentários:

Rute disse...

Eu também gosto de formigas, confeso k enquanto jovem criança fui uma carnificina de formigas, pois eu adorava separar as formigas em dois. "porque é que elas tem duas partes taum divididas?" pensava eu. Graças a deus que dei biologia, e peço a deus que perdoe os meus pecados.

Rute disse...

P.S. - Adoro... Simplesmente adoro, bixos de conta.

Arkantos disse...

Meu amigo, quando estiveres numa casa de campo e as formigas invadirem TUDO, desde os biscoitos na dispensa a carne que deixaste em cima da bancada, aí vais passar a DETESTÁ-LAS!!! =P Mas realmente, são animais fascinantes, se tivermos em conta o seu tamanho...

Pedro Espírito Santo disse...

Eu acho que elas trabalham muito e divertem-se pouco. Por isso não gosto assim tanto delas. Devem só conversar sobre trabalho...

Ana Pena disse...

Eu gosto de formigas. Acho que são muito bonitas, delicadas e elegantes. Têm de facto um sistema de organização fantástico, são mesmo pequenos tesouros as formigas. Mas o que eu gosto mesmo mais, é de esborrachá-las, e adoro quando isso faz barulho.

Tiago disse...

SUA CABRITA COM FALTA DE LEITE!!!!!! SE ESBORRACHAS UMA FORMIGA À MINHA FRENTE DOU CABO DE TI! TÁS-ME A OUVIR?!?! EU NÃO SOU, MAS TORNO-ME UMA PESSOA VIOLENTA!!!!!! ARRRRRRRRHH!

Adonde é que voces andam?